Síndrome de May Thurner

A Síndrome de May Thurner ou Cockett é uma condição na qual a veia ilíaca comum esquerda, responsável pela drenagem venosa do membro, é comprimida pela artéria ilíaca direita.

Ela afeta principalmente mulheres, com idade entre 20 e 50 anos. O diagnóstico é raro, sendo responsável por somente 2 a 5% dos casos dos pacientes em investigação de doença venosa. Os sintomas da doença são dor, edema (inchaço), sensação de peso, cansaço e presença de varizes somente ou principalmente na perna esquerda.

Sendo assim, devemos suspeitar do diagnóstico quando o paciente é jovem, do sexo feminino e com os sintomas relatados acima, somente no membro inferior esquerdo. Para confirmar o diagnóstico deve-se solicitar EcoDoppler venoso em cores, Angiotomografia computadorizada ou até exames mais invasivos como a Ultrassom intravascular (IVUS).

O tratamento é realizado por via endovascular (cateterismo), através de punção da veia femoral, com implante de stent auto-expansível na veia ilíaca, desfazendo a compressão.